COMPANHIA ARTEIRA



A Companhia Arteira é um coletivo de artistas, atuante em Nova Friburgo desde 2008, unidos em torno de um desejo comum: fazer teatro e palhaçadas, criar roteiros, bonecos, histórias, cantar, tocar, dançar, escrever e elaborar projetos e com eles, aprofundar, viabilizar suas experiências e desenvolvimento artístico.

Em 2009 e 2010, realizou diversas sessões e espetáculos de Contação de Histórias em Nova Friburgo: na Biblioteca Pública Municipal de Nova Friburgo, na livraria Arabesco, no SESC Nova Friburgo e Teresópolis, em escolas públicas e particulares.

Em 2010 e 2011, apresentou a intervenção poética “O menino que carregava água na Peneira”. Em setembro de 2011, a Companhia Arteira estreou no Teatro Municipal de Nova Friburgo, o espetáculo teatral “Alabumticabum”, de autoria própria e direção de Mariane Canella, que em 2015 recebeu três premiações das cinco indicações no VII Festival de Teatro Infantil de Niterói: melhor espetáculo, figurino e direção, entrando na pauta do Teatro Popular de Niterói no mês de julho de 2016.

Em julho de 2012, estreou o espetáculo teatral “Cartas”, de autoria própria, com direção de Gabriela Ribas e supervisão de Moacir Chaves. A montagem deste espetáculo foi contemplada com o Prêmio Montagem Cênica 2011, promovido pela Nova Sociedade – OSCIP, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e patrocínio da Petrobras.

Em julho de 2013, estreou o espetáculo “As histórias que o vento nos soprou”, com histórias da tradição oral brasileira, que integrou a programação do Festival de Inverno do SESC Rio 2013 e vem sendo apresentado em escolas, teatros e espaços culturais.

Ainda em 2013, a Companhia estreou o espetáculo “Boi Arroba”, texto autoral com direção de Gabriela Ribas, apresentado em praças, teatros e escolas, integrando a programação do Festival de Inverno do SESC Nova Friburgo , em julho de 2014.

Em fevereiro de 2015, a Companhia Arteira estreou a intervenção “Cadê a água que estava aqui?”, com músicas e texto autorais e direção de Gabriela Ribas.

Em dezembro de 2015, a Companhia estreou seu Auto de Natal “Primeira Estrela”, baseado nos festejos populares natalinos: Folia de Reis, Pastoril, Reisado, Boi de Reis, com muita música e cantoria, sob a direção de Mariane Canella.

Em 2016, a Companhia Arteira estreou a intervenção poética “Se alguém, um dia, me oferecer flores”, com direção de Patrick Nogueira, no Festival SESC de Inverno 2016 – Nova Friburgo, e o espetáculo “Sonho de uma noite de verão”, de William Shakespeare, no Teatro Municipal Laércio Ventura, em Nova Friburgo, com direção de Gabriela Ribas e Silvia Araújo – Espetáculo contemplado pela Seleção Pública para Apoio e Fomento de Projetos Culturais de Nova Friburgo - Chamada Pública nº 02/2016 e selecionado para compor a programação do Programa SESI CULTURAL 2017.

Ao longo do ano de 2016, a Companhia Arteira apresentou seu repertório no Projeto EmCena, ocupando o palco do Teatro Municipal Laércio Rangel Ventura, em Nova Friburgo, nos meses de agosto e dezembro.
Comprometida desde sua criação com a democratização do acesso à arte e à cultura e com a promoção de atividades culturais de qualidade, gratuitas, para toda a comunidade, a Companhia Arteira criou em 2016 a ação NOSSA PARTE, que visa a OCUPAÇÃO CULTURAL DA PRAÇA DO CÔNEGO (Nova Friburgo), com apresentações mensais dos espetáculos de seu repertório.

Nesses oito anos de atuação, a Companhia Arteira busca constantemente aperfeiçoamento e aprofundamento de suas práticas promovendo oficinas, intercâmbios e cursos.

Por sua atuação cultural na região Serrana, em 2014, a Companhia Arteira foi indicada, ficando entre os 10 finalistas da região para o Prêmio de Cultura do Governo do Rio de Janeiro.







Nenhum comentário:

Postar um comentário