segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Primeira Estrela - 19, 20, 22 e 23 de dezembro

A Companhia Arteira cria um novo espetáculo e conta com a sua presença!

19 e 20 de dezembro de 2015, às 16 horas, no SESC São Gonçalo
22 de dezembro, às 16h, no SESC Nova Friburgo
23 de dezembro, às 19h, na Oficina Escola de Artes (antigo Fórum) - Nova Friburgo







quinta-feira, 12 de novembro de 2015

ALABUMTICABUM premiado na VII Mostra de Teatro Infantil de Niterói

Alegria Alegria!!!!!

A COMPANHIA ARTEIRA está feliz que só!

O espetáculo ALABUMTICABUM foi premiado na VII Mostra de Teatro Infantil de Niterói!!!


MELHOR ESPETÁCULO!!!
MELHOR DIREÇÃO - Mariana Canella!!!

MELHOR FIGURINO - Silvia Araujo!!!

3 prêmios, 4 indicações!!!!

ALABUMTICABUM!!!!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

3º Festival de Teatro de Bom Jardim novembro 2015

E tem Companhia Arteira no 3º Festival de Teatro de Bom Jardim!!!

Dia 7 de novembro (sábado), às 16h - "Alabumticabum"
e
Dia 8 de novembro (domingo), às 16h, "Boi Arroba"!

No Galpão Cultural!


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Companhia Arteira em sua sede

A Companhia Arteira em sua sede... ensaiando... se reunindo.... trabalhando...



Processo de criação

Quer saber como foi o processo de criação do espetáculo "Cadê a água que estava aqui?"

Confraternização e mais trabalho...

Confraternização e mais trabalho da Companhia Arteira!!


O grupo trabalha, mas também se diverte! Veja as fotos acessando o link: https://www.facebook.com/cia.arteira/posts/784883421655381?pnref=story

Em direção a um novo espetáculo!


A Companhia Arteira indo em direção a um novo espetáculo!!!!

O que será que está por vir?

Produzindo, trabalhando e se preparando...

A Companhia Arteira produzindo, trabalhando e se preparando para o VII Festival de Teatro Infantil de Niterói!



Agradecimento

A Companhia Arteira agradece a seu grande apoiador Carlos Augusto Carneiro, que possibilita ao grupo trabalhar em um lugar apropriado e de fundamental importância para as produções, lugar esse que chamamos de sede!
Obrigado pela sua generosidade!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

ALABUMTICABUM na VII Mostra de Teatro Infantil em Niterói

Dia 18 de outubro, domingo, às 16h, a Companhia Arteira participará da VII Mostra de Teatro Infantil em Niterói, com o espetáculo ALABUMTICABUM!

Contamos com a sua presença!



terça-feira, 11 de agosto de 2015

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Festival SESC de Inverno 2015

Oba!!!!!

Tem Companhia Arteira no Festival SESC de Inverno!!!!

ALABUMTICABUM  dia 28 de julho (terça-feira),
às 16h30min, na Praça do Cônego - Nova Friburgo!

Esperamos você lá!






sexta-feira, 19 de junho de 2015

PASSEIE POR ESTE NOSSO ESPAÇO VIRTUAL
PARA CONHECER O TRABALHO DA
 


VOCÊ É NOSSO CONVIDADO ESPECIAL!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Semana Mundial do Brincar

A Companhia Arteira esteve no dia 31 de maio de 2015, no Parque Municipal do Cascatinha/Nova Friburgo, celebrando com a Aliança
pela Infância a Semana Mundial do Brincar.

E a brincadeira foi boa demais!

Na ocasião, o grupo apresentou o espetáculo
"Cadê a Água que Estava Aqui?".



quarta-feira, 13 de maio de 2015

Cia. Arteira - Silvia de Araújo Silveira



SILVIA DE ARAÚJO SILVEIRA



Silvia de Araujo Silveira, 43 anos, natural do Rio de Janeiro.
Arte-educadora pela Escolinha de Artes do Brasil, Pedagoga pela UERJ, Pós-graduando em Educação, Diversidade e Inclusão Social, pela Faculdade Dom Bosco, formação em Pedagogia Waldorf, bonequeira, dinamizadora e pesquisadora de danças populares brasileiras, contadora de histórias e atriz (DRT0048391/RJ). 
Formada pelo método Ivaldo Bertazzo de Reeducação do Movimento (2013) e em Dslizamento Rítmico, por Rosemary Junsen (2014).

Atuou com a Cia. de Encenações Musicais de Lu Maia e Mauro Menezes nos espetáculos "Rondas e Mungangas", "Forró do Baque-Virado" e "Gingante pela Própria Natureza", com apresentações no CCBB, teatro Cacilda Becker, teatro do SESC-Tijuca, Teatro da UFF entre outros, no Rio de Janeiro (1997-2005); como contadora de histórias e arte-educadora trabalhou com a Cia. na Colônia de Férias com Cultura do Correios e do CCBB (1998/1999, no projeto Férias com Cultura em diversas bibliotecas municipais do Rio de Janeiro (2000), e no Circuito Vôlei de Praia do CCBB, em Natal – RN (2002); realizou oficinas de Danças Populares Brasileiras nas ações sócio-culturais, atendendo diversas unidades do SESC no Rio de Janeiro (2001).

Foi bonequeira e manipuladora de bonecos junto ao Grupo Catavento (100 anos de Copacabana - "Copabacana em Ação"), e a Cia. Espetacular de Bonecos, no Rio de Janeiro (1992-2001). 

Como palhaça realizou intervenções no Dia dos Namorados junto a Cia. VIVA, nos bairros de Olaria, Conselheiro Paulino e Centro, em Nova Friburgo, pela ACIANF (2009) e participou do Festival do Circo de Duas Barras, com a Cia. Arteira (2010).

Integrou a Cia. Estrela D'alva de Danças Populares Brasileiras, em N. Friburgo (2007-2010).

Junto ao Ponto de Cultura “Os Tesouros da Terra”, coordena Oficinas e Pesquisa de Danças Populares Brasileiras semanais desde 2011, tendo como produto do trabalho o espetáculo “Danças da Terra e do Mar”, apresentado em Aldeia Velha – RJ, São Pedro da Serra, Riograndina, SESC-NF e no Lar Abrigo de Amor a Jesus – LAJE. 

Participou da oficina de “Teatro de Animação: Teoria e Prática”, com Miguel Vellinho (2006), de Mímica com Jiddu Saldanha (2011), do Intercâmbio Cultural com a Cia. Foguetes Maravilha com direção de Alex Cassal e Felipe Rocha e do Intercâmbio Cultural, com a Cia. Alfândega 88, dirigida por Moacir Chaves, ambos em 2011 e promovidos pela 4ª Edição do Circuito Estadual das Artes - programa do Governo do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Culturas, da oficina de Teatro do Impro, com Cláudio Amado (2013), da Oficina de Máscaras Balinesas com a Amok Teatro (2013) e da oficina de Utilização de Máscaras Teatrais, com Marise Nogueira (2014), da Oficina de Criação de Figurino, com Raquel Theo (CTAC|Funarte-RJ, 2015) e da Oficina de Montagem e Operação de Luz, com Flávio Andrade (CTAC|Funarte-RJ, 2015).

Promoveu oficinas em Nova Friburgo:
- Danças Populares Brasileiras para professores da Rede Municipal (2010); 
- Reaproveitamento de tecidos com produção de brinquedos artesanais e 'Quadros de Pano' na iniciativa para ampliação da renda familiar Rede de Mães (2006), na Escola Vale de Luz (2007), no SESC-NF, na Oficina Escola As Mãos de Luz e na Biblioteca Municipal de Nova Friburgo (2010), no Encontro Nacional da Aliança pela Infância (2010 a 2013);
- Construção de bonecos de manipulação direta para o grupo Teia – CNSD, com a peça teatral “O Diamante de Grão Mogol” (2011), e para alunos da Umédica, em parceria com o SESC – NF (2014);
- Confecção de máscaras no SESC-NF (fev 2012, 2013).

É integrante da Cia. Arteira de teatro desde o início de sua formação em 2007, atuando nos espetáculos: “O Menino que Carregava Água na Peneira” (intervenção poética), “AlabumTicabum” (Prêmio de Melhor Espetáculo na VII Mostra de Teatro Infantil de Niterói, 2015), “Os Três Reis”, “Cartas” (Prêmio Montagem Cênica 2011), “Histórias que o Vento nos Soprou”, “Teatro de Brinquedos”, “Boi Arrob@”, “Cadê a Água que estava aqui?” e Auto de Natal “Primeira Estrela”, sendo cenógrafa e figurinista dos espetáculos “Alabumticabum” (indicação para melhor cenografia e prêmio de melhor figurino na VII Mostra de Teatro Infantil de Niterói, 2015), “Cadê a Água que estava aqui?” e “Primeira Estrela”.

Como contadora de histórias e arte-educadora participa das ações do SESC – Nova Friburgo e da Aliança pela Infância - Núcleo Nova Friburgo, em abrigos, praças e eventos pontuais.

Trabalha atualmente como professora de Danças Populares Brasileiras no Ponto de Cultura Tesouros da Terra, na Oficina Escola As Mãos de Luz, e como professora da Rede Municipal no Projeto Tempo de Ser Feliz / PETI – Nova Friburgo, onde desenvolve atividades de Arte-educação com crianças em situação de vulnerabilidade social.

Cia. Arteira - Mariane Ieker Canella


MARIANE IEKER CANELLA


Nasceu em Nova Friburgo no dia 14 de maio de 1962. De 1984 a 1987 foi professora de Música e Artes na Escola Fábrica de Rendas.
De 1982 a 1990 foi co-fundadora e integrante do Grupo de Artes Theatro Dona Eugênia. Durante esta vivência nasceu sua palhaça (Titiquinha), que a acompanha até hoje.

Como atriz atuou nas peças: 
Os Dous ou o Inglês Maquinista - de Martins Pena;
Via Sacra – no SESC de Nova Friburgo;
Loja da Vovó Eugênia – Criação Coletiva;
Que Mãe Que Eu Arranjei - Wilson Wagner;
Queremos Sair Daqui – Wilson Wagner;
Sapo Vira Rei Vira Macaco - Criação Coletiva;
O Abraço do Palhaço – Criação Coletiva.

Em 1991 fundou a Escola Comunitária Municipal do Vale de Luz, na periferia de Nova Friburgo, privilegiando o atendimento a crianças de famílias de baixa renda através de um ensino baseado nas artes.Em 1992, fundou a Associação Crianças do Vale de Luz, uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que busca recursos para manter os seus três centros de atuação que hoje são: Escola Comunitária Municipal do Vale de Luz; Creche Escola Comunitária Municipal Cecília Meireles e Centro de Formação e Desenvolvimento de Profissionais de Educação. (WWW.valedeluz.org.br)

De 1991 a 2007 atuou na mobilização de recursos para esta Instituição.
Desde 1993 até hoje participa do movimento das Danças Universais pela Paz.
Em 1997 participou da criação de Raízes (Grupo de resgate de brincadeiras e canções de roda).
De 1997 a 2010 realizou cursos e oficinas de rodas divulgando RAÍZES no Município de Nova Friburgo e em outros municípios do Estado do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, junto a professores, jovens e educadores populares.
De 2001 a 2004 cursou e concluiu a formação em Pedagogia Waldorf (Curso Brasil).
Em 2004, foi facilitadora da Oficina sobre “Envolvimento de Famílias” da 6ª edição Vitae de apoio a projetos de Educação Complementar, em Campinas. 
Em 2005 e 2007 participou do Festival de Comicidade Feminina e Mulheres Palhaças das Maria da Graça. Participou dentro do festival da oficina de palhaças com Merch Ochoa e Hillary Chaplin.
Em 2008 dirigiu as peças: "O Santo e a Porca" de Ariano Suassuna;
em 2011 "Parsifal", em 2014 Fausto de Goethno curso de Pedagogia Waldorf em Nova Friburgo.
De 2008 a 2011 foi contadora de histórias na livraria Arabesco na cidade de Nova Friburgo.
Em 2010 foi contemplada com o Prêmio Interações Estéticas em Pontos de Cultura da FUNARTE, com o PROJETO “CIRANDEIROS DA INFÂNCIA”.
É co-fundadora e integrante da Companhia ARTEIRA atuando nos espetáculos: O Menino que Carregava Água na Peneira (2010), ALABUMTICABUM (2011 e 2012) e Cartas (espetáculo em cartaz, contemplado com o prêmio montagem cênica 2011).
Em 2012 concluiu a formação de Biografia Humana na Escola livre de Estudos Biográficos em Juiz de Fora.
Dinamiza atividades no grupo da Aliança pela Infância na cidade de Nova Friburgo.
Em 2012 dirigiu a Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo da Secretaria de Cultura, também Pontão de Cultura da Serra do Rio.
Em 2013 participou do espetáculo Boi Arroba, da Companhia Arteira.
Em 2014 dirigiu e atuou no espetáculo ALABUMTICABUM, da Companhia Arteira.
Em 2015 atuou no espetáculo CADÊ A ÁGUA QUE ESTAVA AQUI? da Companhia Arteira.
Em 2015 atuou e dirigiu o Auto de Natal: PRIMEIRA ESTRELA da Companhia Arteira.

Cia Arteira - Maria José Silva


MARIA JOSÉ SILVA



Atriz da Companhia Arteira de Teatro – Registro Nº0048947/RJ
Professora classe da Escola Cecília Meireles - Escola Waldorf 
Professora de teatro da Escola Cecília Meireles 

Trajetória profissional:

“Toda nudez será castigada” (Nelson Rodrigues, adaptação de Humberto Teixeira); “Lisistrata” (Aristófanes, adaptação de Maria Wolrch); “O menino que carregava água na peneira” (intervenção poética – Manuel de Barros); “Festival do Circo de Duas Barras” (com a Cia. Arteira); “Alabumticabum” (autoria da Cia. Arteira, ganhador do prêmio de melhor espetáculo, melhor figurino e melhor direção na VII Mostra de Teatro Infantil de Niterói, 2015); "Os três Reis”, (Rubem Alves); “Cartas” (autoria da Cia Arteira, projeto ganhador do Prêmio Montagem Cênica 2011); “Boi Arrob@” (adaptação da Cia. Arteira); “Cadê a água que estava aqui?” (autoria da Cia. Arteira);  Auto de Natal “Primeira Estrela”(adaptação Cia. Arteira); “Se de repente alguém me oferecesse flores” (autoria da Cia. Arteira) e “Sonho de uma Noite de Verão” William Shakespeare.
 

Como contadora de histórias e arte-educadora participa de ações  em Nova Friburgo da Aliança pela Infância - Núcleo Nova Friburgo.

Cursos Livres: 
Teatro Tablado com Maria Wolrch, Maria Clara Machado e Luise Cardoso; Teatro Divina Providência com Humberto Teixeira; Intercâmbio Cultural com a Companhia de Teatro Foguetes Maravilha sob direção de Alex Cassal e Felipe Rocha; Intercâmbio Cultural, com a Companhia de Teatro Alfândega 88, dirigida por Moacir Chaves; Curso de Teatro na Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo, sob direção de Gabriela Ribas; Oficina para Atores com Luise Cardoso; Oficina Cirandeiros da Infância, sob direção de Mariane Canela; Oficina de Máscara e atuação com o Grupo Tá na Rua, sob direção de Amir Haddad; Oficina Laboratórios de Interpretação com o COT (Centro de Teatro do Oprimido); Oficina de Mímica com Jiddu Saldanha; Oficina de Palhaço com João Carlos Artigos - grupo Teatro do Anônimo; Oficina de Manipulação de boneco sob direção Marise Nogueira; Escolinha de Artes do Brasil; Angel Viana (curso técnico de dança - incompleto); Contador de História pela Casa de Leitura / Projeto Pró-Ler - Fundação Biblioteca Nacional; Curso “Contador de História” Criatividade e Arte pela Universidade Estácio de Sá; 


Formação: 

UCAM – Universidade Candido Mendes; Fundação Brasileira de Educação/Projeto CRESCER; INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos. Centro de Formação e Desenvolvimento do Vale de Luz em Nova Friburgo - Pedagogia Waldorf.

Cia. Arteira - Maylla Nideck Ferreira


MAYLLA NIDECK FERREIRA


Profissão: Professora e atriz

Experiência Profissional: 
Teatro / Atriz:Integrante da Cia Arteira desde 2013 atuando nas peças teatrais Boi Arroba, AlabumTicabum, Cartas e Primeira Estrela. Experiência anterior no Grupo Laboratório Cênico (laboratoriocenico.blogspot.com) de 2002 a 2012, no qual os mais recentes trabalhos foram “O fantasma de Elizabeth” (2012), o curta metragem “Pedido de oração” ( 2009), “O Tigre” ( 2008) e “Lá”( 2007), tendo participado do projeto Rádio Teatro em “Um crime quase perfeito” e “ O rapto” nos anos de 2006 e 2007. 
Cursos e Oficinas: Introdução ao teatro em 2001 sob direção de Nobel Medeiros (2001) e de Carlos Pimentel (2002). Em 2010 participou da Capacitação de voluntários, de oficinas de contação de histórias e de palhaço no Sesc Nova Friburgo. 

- Teatro Pós-Dramático - Estudo e Prática - Ana Kfouri – Sesc- Julho/2011
- Oficina de Construção em Teatro - Cenas inspiradas em Tchekhov - Dani Amorim- Sesc - Julho/2011
- Teatro pós-dramático com o grupo Foguetes Maravilha- Novembro/2011
- Oficina de palhaço: O jogo como técnica- João Artigos - Grupo Teatro Anônimo - Fevereiro/2012
- Interpretação teatral - Intercâmbio com o grupo Alfândega 88 - Fevereiro/2012
- Oficina de interpretação – Gillray Coutinho - Sesc – Julho/2012
- Dramaturgia em dança – Cristina Moura- Sesc- Julho/2012
- Dramaterapia - Jessica Westercamp - Escola Vale de Luz- Agosto/2012
- Oficina de Improvisação com a Companhia Teatro do Nada- Abril/2013
- Oficina de Teatro – Oficina Escola Nova Friburgo- Professora: Gabriela Ribas - maio de 2013 a dezembro de 2014


Cia. Arteira - Jerônimo Nunes


JERÔNIMO NUNES



Formação

Ator - RP (registro profissional) nº 25022 – emissão 12/05/1999
Categoria: Artista

Resumo da trajetória artística profissional:

Atuou nos espetáculos:

O Santo Milagroso – Grupo: Grupo em Grupo de Artes Cênicas (2012/2013)
Cine Amor - Grupo: Cômicos Anônimos (2010)
Lá - Grupo: Laboratório Cênico (2006)
Rei Morto...Rei Posto!!! - Grupo: Núcleo de Arte DS (1998)
Cabaret Desejo - Grupo: Núcleo de Arte DS (1998)
Amor Senil Amor - Grupo: Núcleo de Arte DS (1996)
Idéia de um teatro - Grupo: Núcleo de Arte DS (1996)
Maristela em 10 Momentos - Grupo: Nosso Grupo (1996)
Procurando Uma História - Grupo: Cia do Teatro (1995/1996)
Dó Ré Mi se Faz Assim - Grupo: Cia do Teatro (1995)
Abandono – Grupo: Cia do Teatro (1993/1994)
Alto da Alma – Grupo: Teatro Expressão (1999/2000)
Sangue Terror e Lágrimas - Grupo: Núcleo de Arte DS (1997)

Outras participações:

Limpim (Cinema) 2009
Ciclo de Dramaturgia (Leitura) - Grupo: Cômicos Anônimos (2005)
Grupo de Tradição Oral “Uirapuru” (Música) – 2000/2004
Canto Coral “Cantamusarte” – 1998/atual
Perfomance Mímica - Grupo: Núcleo de Arte DS1997
Descobrindo a Biblioteca – Grupo: Cia do Teatro1997

Coordenação do Programa Cantadores e Cantorias, Rádio Comunidade FM 104.9 – 1998/2008

Cia. Arteira - Gero Band


GERO BAND



Nome: Gero Band                        
Data de Nascimento: 06 de abril de 1946

Formação
- Ator pelo Curso de interpretação da FEFIEG(UNIRIO), em 1973                                                             
- Pós-Graduação em Teatro Educação no AdvancedCourseof Speech and Drama da Central Schoolof Speech and Drama – Politechnicof Central London  - 1975/1976 * Monografia de encerramento: “In searchof a meaning for Drama”                                                   - Oficinas de Impro com Volker Quandt 2009/2010   
- Oficinas de Palhaço 2011/2012                                     - Oficinas de Impro com Claudio Amado 2013                                                            
Experiência Profissional
-Participante da equipe do Greater London School Council em pesquisa sobre Teatro na Educação em 18 escolas da Grande Londres, Orientação de Lynn McGregor - 1974/1975                                      - Debatedor-Coordenador do 1º Simpósio de Teatro na Educação - Rio de Janeiro - 1973
Autor da peça “A Lenda da Pedra de Fogo” registrada na SBAT 1973
Grupo Teatro de Câmara - Participante do projeto de pesquisa de linguagem para teatro de rua – Teatro Cacilda Becker - Edital FUNARTE – 1978                                                    
- Presidente da Rádio Comunidade Friburgo em dois mandatos (2001- 2003 / 2003–2005)                    
- Presidente da Associação dos Artistas Profissionais de Nova Friburgo(2005–2007 / 2007–2009)                                     - Produtor do Programa Hora Técnica da AEANF(Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Nova Friburgo), como Coordenador de Comunicação Social – 2007/2014
- Coordenador do Fórum Local da Agenda 21 de Nova Friburgo – Gestão 2014/2015 – 2015/2016


Ator nas peças                                                                                                                         Grupo ATENA - O Asilado – 1965; Toda Donzela tem um pai que é uma fera – 1965; Morre um gato na China – 1966; Revolução na América do Sul – 1967; O Burguês Fidalgo de Molière – 1967; UNI-RIO(FEFIEG) Medéia  de Sófocles - 1972; A Terra dos Meninos Pelados – 1972; Guernica Arrabal - 1972.
                                                             

Grupo em Grupo - Velório à Brasileira - 2006;
Usina Cultural - Antes que o Natal se apague – 2007;
Teatro de Rua/Grupo Teatro de Câmara                                                                                                     A Lenda da Pedra de Fogo; Acontecências – em várias praças do Rio de Janeiro com o Departamento de Parques e Jardins do Rio de Janeiro - 1973/1974

Companhia Arteira – Ator integrante da Companhia desde 2013, atuando nos espetáculos:
Boi Arroba 2013/2014/2015, Alabumticabum 2014/2015, Cadê a água que estava aqui 2015
Professor de Teatro
- Escola Heitor Lira (Secretaria de Cultura, Turismo e Desportos do Rio de Janeiro) – 1973
- Colégio Max Nordau no Rio de Janeiro - 1973/1974
- Escola EDEM – Rio de Janeiro – 1973/1974
- Dinâmicas de Integração no Spa Maria Bonita - 1992/1998
- Usina Cultural – Nova Friburgo - 2008/2009 
- Prefeitura Municipal de Nova Friburgo – 2007/2010, Casarão de Riograndina, Oficina Escola de Artes e Ponto de Cultura de Olaria   - 2012 e 2013

Cia. Arteira - Gabriela Ribas



GABRIELA RIBAS



Gabriela Ribas é professora e atriz, bacharel em artes cênicas (Uni-Rio – RJ 1999).



Desde 1997 integra a diretoria da Associação Centro Cultural Viva, atuando como diretora executiva, vice –presidente e presidente (atual função).



Atuou em espetáculos dirigidos por Sylvio Costa Filho, Cristina Bittencourt, Marcus Alvisi, Miguel Vellinho, Mariane Canella e Patrick Nogueira.


Integrou o Núcleo de Cultura Popular Céu na Terra - RJ (de 1998 a 2001). E há 12 anos atua na Cantoria de Reis do Céu na Terra (espetáculo itinerante apresentado anualmente). Atua como colaboradora no Bloco Céu na Terra e nas atividades produzidas por esse Núcleo no Carnaval.

Atualmente Integra a CIA. VIVA de teatro e circo, atuando, dirigindo e produzindo espetáculos teatrais, circenses e de contação de histórias (desde 1998).



Integra a Companhia Arteira, de Nova Friburgo, RJ, atuando como atriz, diretora e produtora (desde 2008) nos espetáculos: ALABUMTICABUM (2011), Cartas (2012), Boi Arroba (2013), As Histórias que o Vento nos Soprou (2013), Cadê a Água que Estava Aqui ?(2015) , Primeira Estrela (2015), Se Alguém De Repente Me Oferecer Flores (2016) e Sonho de Uma Noite de Verão (2016).


Dirigiu os espetáculos da Companhia Arteira:  Boi Arroba, Cadê a Água que Estava Aqui?, Cartas (contemplado com o prêmio Montagem Cênica 2012, com supervisão de Moacir Chaves) e Sonho de Uma Noite de Verão (coodireção com Silvia Araújo e com supervisão de Marise Nogueira).

Atuou no curta- metragem de Renata Spitz Encontro dos Rios.



Frequentou a reciclagem para atores na Escola Nacional de Circo – RJ (2000).



Cursou o Seminário de Formação em Pedagogia Waldorf – (primeiro setênio), no Centro de Formação e Desenvolvimento do Vale de Luz – Nova Friburgo (2004 a 2009).



Especializou-se em arte-educação e lecionou em diversas escolas das redes pública e particular em Petrópolis, Rio de Janeiro, Bom Jardim, Duas Barras e Nova Friburgo para classes de Educação Infantil e Ensino Fundamental.


Fundou e dirigiu durante cinco anos o VIVAMAIS – Centro Cultural para crianças no Rio de Janeiro.

Desenvolveu projetos de educação e cultura em parceria com a Prefeitura Municipal de Duas Barras atuando nas áreas de teatro, arte, cultura popular e literatura com crianças e educadores entre 2002 e 2007.



Atuou como supervisora e professora de teatro e do Ponto de Cultura do Instituto Cultural Martinho da Vila, em Duas Barras entre 2005 e 2007.



Integrou a equipe de Álvaro Ottoni coordenando as ações educativas da Secretaria Pró-Leitura de Nova Friburgo e atuando como contadora de histórias.


É professora de Teatro da Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo.
Professora de teatro, responsável pelo grupo Teia do Colégio Nossa Senhora das Dores de Nova Friburgo, atuando como diretora dos espetáculos:
O Menino Narigudo - Melhor Espetáculo, melhor atriz, melhor cenário, melhor maquiagem ( FIT – Nova Friburgo 2009), melhor atriz, melhor sonoplastia, (Mostra de Teatro Estudantil do Colégio Notre Dame – Ipanema - RJ 2009.) melhor espetáculo, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor ator, melhor direção (FETECAP – Além Paraíba -2010).
O Diamante de Grão Mogol – Terceiro melhor espetáculo, melhor atriz, melhor iluminação (FIT – Nova Friburgo 2011), melhor espetáculo infantil, melhor atriz, melhor figurino,(Festival de Teatro do Colégio Notre Dame Ipanema – Rio de Janeiro 2011), melhor direção, melhor sonoplastia, melhor figurino (FETECAP 2012).
Veríssimo á Vera – Segundo melhor espetáculo, melhor sonoplastia, melhor direção, melhor atriz ( FIT – Nova Friburgo 2013) Melhor espetáculo, melhor sonoplastia, melhor ator (Festud 2014 – Cabo Frio) Destaque no FETO 2014.

Corda Bamba – Segundo melhor espetáculo, melhor cenário, melhor direção (FIT 2015 – Nova Friburgo). Terceiro melhor espetáculo infantil, melhor sonorização e melhor cenário (FIT 2015 – Notre Dame Ipanema). Melhor cenografia, melhor sonoplastia, melhor ator revelação ( IV Festival Nacional de Teatro Violeta de Prata – Três Rios 2016).


Alguns cursos e oficinas que frequentou nos últimos 5 anos:
- O Corpo Articulado e a Musicalidade do Movimento – Mímica Corporal com Luís Torreão Cie Hippocampe ( Paris), Rio de Janeiro – Agosto 2013
- A Poética do Corpo Dramático  – Cie Platform 88 (Paris), Rio de Janeiro – setembro 2014
- Treinamento-Improvisação – Os Caminhos do Ator no AMOK Teatro – julho 2015    
- Treinamento em View points Laboratório avançado com Donnie Matheus – (SITI Company,  EUA ) Rio de Janeiro, agosto de 2012 
- Treinamento em View Points com Donnie Mather(SITI Company EUA) , Rio de Janeiro,  janeiro de 2015.
- O Estado de Ser do Ator com Carlos Simioni – LUME Teatro – Campinas, fevereiro de 2016.